Menu

Resenha: Como eu era antes de você – Jojo Moyes

Queria escrever essa resenha no mesmo dia que acabasse essa leitura, no caso hoje, e ainda me sinto com um nó na garganta e com saudades dessa história….

como eu era antes de você

“Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.”

Confesso que nunca tive curiosidade em ler ou procurar sobre do que se tratava esse livro até ver o trailer e ficar com os olhos cheios d’água!
Will já não vê mais sentido na vida, após o acidente que o deixou tetraplégico, preso a uma cadeira de rodas e pior ainda, totalmente dependente de cuidados alheios, sem esperanças e com a certeza de que seu quadro não terá solução, ele se deixa definhar a cada dia mais, apesar de todo esforço de seus pais.
Louisa é uma mulher que irradia alegria – ou esconde alguma tristeza- por trás de suas roupas coloridas, seu jeito falante e total despretensão sobre seu futuro, mas após perder seu emprego de anos em uma cafeteria, se vê desesperada e depois de vários fracassos, acaba aceitando, mesmo sem esperança de que dê certo, ser cuidadora de um deficiente físico,Wil, pelo prazo de seis meses, sem saber que na verdade teria em suas costas, o peso de tentar faze-lo sentir de novo prazer em viver e desistir de sua ideia absurda de se matar.
Em 320 páginas, mergulhamos em um mundo desconhecido por nós, em que Jojo retrata de maneira profunda, porém ao mesmo tempo leve, as dificuldades vividas por alguém cheio de limitações e muitas vezes nos pegamos imaginando como seria estar no lugar de Will, e apesar de o  achar egoísta, conseguimos entender e compreender o porque de toda sua amargura e revolta

como eu era antes de vocÊ

Compreendemos durante a narrativa, que o amor não nos invade pelo físico ou dinheiro, mas sim por todo carinho, compreensão, pequenas atitudes e atenção que recebemos, motivo pelo qual Lou se vê apaixonada por Will, mesmo estando namorando Patrick, um sujeito que não se preocupada com mais nada além de seu próprio corpo malhado e dietas constantes,  chega a ser agoniante o quanto ele é sem noção com sua namorada, e só se preocupa em critica-lá e conversar sobre suas próprias conquistas.

É lindo ver como Lou e Will mudam a vida um do outro, como a história deles se completam e como ela se esforça para que ele se sinta vivo de novo e um sorriso brote de seus lábios. Torcemos o tempo todo para que eles  fiquem juntos, para que ele possa ver que apesar de todas as suas limitações pode ser  e fazê-la  feliz e desistir de tudo que tem planejado em sua mente.

como eu era nates de você frase

E eu chorei, muito! Na despedida, nas cartas, nos momentos em que apesar de parecer feliz, Will nunca esquece a cruel realidade, chorei quando eles se beijaram pela primeira vez e me emocionei em cada conquista deles, por menor que fosse. Não é só uma história de amor, mas sim de superação, de vida, de amor na sua mais singela forma.

Minha vontade é de escrever nessa resenha cada momento detalhado dessa história linda, inclusive o final, que para mim foi o que me tocou, e muito, mas só vou dizer para vocês lerem, lerem e lerem! Até porque logo o filme estréia nos cinemas  e eu já estou doooida para ir assistir ser tomada de novo por toda essa emoção.

Beijos :*

A parte fofa, meiga e que tem sempre razão nesse blog. Uma padawan disposta a aprender de tudo um pouco!

No comments

Deixe uma resposta

Inscreva-se no nosso canal!