Menu

Arrow – 4×05 – Haunted

Arrow – S04E05 – Haunted

Sinopse:

Salve marmotinhas lindjinhas! Estamos aí com mais um episódio de Arrow para ser dissecado e não vamos perder tempo!

Nosso episódio começa com uma Sara completamente virada no Jiraya meio alterada, salvando uma moça de uma tentativa de assalto/estupro. E claro, os matando friamente.

Durante a investigação deste e outros assassinatos cometidos pela loira louca, Lance confronta Laurel a respeito do paradeiro de Sara e chega a conclusão que ela é a responsável direta por tais assassinatos.

sara coisa

A 2ª mais gata da série Felicity pede a Curtis que “limpe” a última gravação de Ray antes da morte, interrompendo a sua sessão de ginástica. Ele concorda e percebe algo se sobrepondo na gravação original, iniciando então a “limpeza”.

thanks

Darhk obriga Lance a invadir um data center federal e espetar um dispositivo em um dos computadores do local, ironizando que tal ação não destruirá a cidade.

darhk

Felicity chama pelo arqueiro verde numa emergencia em uma boate. Uma loira surtada ataca todo mundo lá dentro.

Queen e Queenie chegam ao local e se deparam com Laurel lutando com Sara. Oliver confronta Laurel a respeito disso tudo e descobre a verdade sobre a viagem ao “spa” de Laurel e Thea.

briga de pombas

Lance pede ajuda a Oliver com o dispositivo de Darhk e juntos arquitetam um plano para Diggle e Lance realizarem a missão juntos para saberem de que se trata.

[spoiler]Oliver e Felicity conversam a respeito de Sara e percebem o padrão em seus ataques. Moças parecidas com Thea.

Ao mesmo tempo Sara ataca Thea em seu apartamento, hospitalizando-a. Thea revela que assassinou duas pessoas em Nanda Parbat, aliviando sua sede de sangue.[/spoiler]

Oliver confronta Laurel a respeito da viagem a Nanda Parbat e os motivos para tanto. Laurel acusa Oliver de não a encarar como uma igual e fica putíssima da vida chateada por ele não ter contado a respeito do Poço de Lazarus antes e não a aceitar como Pomba-Preta, a saco de pancadas Canário Negro.

Diggle e Lance executam a missão de Darhk e descobrem que o dispositivo está descarregando um vírus que apaga arquivos de pessoas, e um desses nomes, bem conhecido, vem à tona.

[spoiler]

files

[/spoiler]

Lance e Diggle são encontrados por guardas e Lance simula estar capturando Diggle como o hacker responsável por disparar os alarmes.

diggle concussão

Sara ataca Thea novamente no hospital, porém escapa, sua tentativa frustrada por Oliver e Laurel. Juntos, Oliver, Thea, Laurel, Felicity e Diggle discutem o acontecido e Oliver afirma que Sara não possui mais sua alma, apenas seu corpo reviveu do poço de Lazarus. O grupo então prepara uma armadilha para capturar Sara novamente.

Lance pede a Darhk informações sobre o nome que apareceu durante a missão, e Darhk concorda em informar Lance até certo ponto.

darhk info

A armadilha está preparada e Sara morde a isca. Canário-negro, Arqueiro-verde, Diggle e Thea conseguem rendê-la. Oliver então contacta um antigo amigo, John Constantine, para cobrar um favor e ajudar a lidar com o problema de Sara.

[spoiler]Constantine fornece uma lista de itens necessários para devolver a alma de Sara ao corpo e Felicity se encarrega da logística.

pavão

A equipe prepara um ritual para a restituição e Lance se junta a eles. Constantine pede que dois deles o acompanhem no ritual para salvar a alma de Sara. Oliver pede que Laurel o acompanhe e ambos seguem os passos de Constantine no ritual.

ritual

John os guia durante o ritual, enquanto Oliver e Laurel lutam para salvar a alma de Sara do poço de Lazarus. Após uma árdua luta todos conseguem voltar para o covil do arqueiro em segurança.

[/spoiler]

Com Sara novamente sob custódia, Oliver conta a John a respeito de Damien Darhk e se assusta com o conselho que recebe: “Tome cuidado com esse aí amigo, ele fará o que você viu na outra dimensão parecer NADA. Saia da cidade enquanto pode!”

john darhk

O episódio termina com Lance revelando a Diggle as informações cedidas por Darhk e Diggle fica consternado com o que descobriu, e Curtis revelando a Felicity a última mensagem de Ray finalmente decriptada e uma grande revelação é feita nela:

[spoiler]

ray palmer

[/spoiler]

Como é de lei nos meus reviews de arrow, segue agora um breve relato das memórias passadas de Oliver, finalmente sendo tão interessantes quanto o capítulo todo:

Conklin acusa Queen de traição na ilha diante de seu capitão, Reiter, devido ao equipamento de comunicação encontrado no último episódio e é ironizado por Oliver.

paraquedas

Reiter então da um basta, dizendo que se ambos trabalhassem juntos, não teriam problemas em encontrar o verdadeiro espião. Um loiro encontrado saracoteando bisbilhotando espiando na ilha. John Constantine.

john constantine

Reiter ordena que Queen e Conklin encontrem os pontos marcados no mapa que Constantine carregava. John consegue escapar utilizando magia e sequestra Oliver, levando-o até o ponto marcado no mapa. Constantine afirma que Reiter foi atraído ali por uma aura de maldade (pontos do nexus, como ele se refere) que está na ilha, e revela uma entrada secreta protegida por magia.

Na caverna Constantine encontra um artefato recheado de magia e aciona uma armadilha por acidente. Oliver salva John e revela também não ser um dos “caras maus” da ilha.

artefato

John então diz a Oliver que fica devendo uma e Oliver pede uma explicação sobre o que acabou de acontecer. Constantine revela que o artefato é uma esfera de Horus, um grimório de feitiços, e que irá mantê-lo em segurança com os outros artefatos.

John oferece a Oliver uma carona pra fora da ilha, e ele recusa. Ele então quebra a gema brilhante da esfera e entrega a Oliver, e o presenteia com uma tattoo protetora, usando os poderes da esfera, e um olho roxo para que simule uma fuga pra Reiter.

tattoo

Fala galerinhaaaaaaaaaa bonita!! Espero que estejam gostando de nossas publicações!

Vou botar minhas observações em spoiler porque né…

[spoiler] ADOREI esse episódio, a aparição de Constantine foi FUDEROSAMENTE FANTÁSTICA. O contexto em si foi meio fraco, mas deu a oportunidade de relançarem a Sara na série (Canário-Branco talvez?) e ainda quebraram um galho pros produtores de Constantine que andava bem ruim das pernas (Embora tal ajuda tenha vindo tarde, a série foi cancelada após uma mísera temporada).

Toda a trama girou em torno do rabo delicioso de Sara Lance e seu retorno do mundo dos mortos, porém os minutos finais tiraram toda atenção de sua ressurreição. A última mensagem de Ray Palmer para Felicity indica claramente que ele está vivo e em perigo. Estaremos nos deparando com um possível retorno do homem de ferro paraguaio de ATOM.? Confiram nos próximos episódios (odeio essa frase tanto quanto vocês, mas é a verdade).

A revelação a respeito do irmão de Diggle também tirou Sara do foco e colocou em cheque todo o conteúdo apresentado até então sobre ele. Também gostei muito das memórias de Oliver, que finalmente se tornaram tão legais quanto o episódio em si. John Constantine é um personagem muito bem incorporado (Apesar de todas as críticas quanto as diferenças contextuais entre o hq e a série. Para tais críticos eu peço que levantem suas bundas gordas e venham fazer melhor.), e sua participação na série deixa aberturas incríveis para futuros crossovers. Apenas imagem um meta-humano que nem o Flash e nem o Arqueiro-verde consigam derrotar, e seja necessária a ajuda de um personagem com poderes mágicos como Constantine. E diga-se de passagem, considerando a fala de John sobre Darhk, tal teoria é bem plausível!

[/spoiler]

É isso aí galerinha bonita, desculpem o atraso das reviews, mas estou com vários projetos ao mesmo tempo aqui e sinceramente não estou dando conta de acompanhar as séries e manter as reviews em dia e trabalhar.

Big G ~

Guilherme, 24, farmacêutico por formação, concurseiro por opção. Viciado em pc-gaming, livros, séries e ciclismo. Espirito de BR HUE, não joga LoL e adora cozinhar.

No comments

Deixe uma resposta

Inscreva-se no nosso canal!